Sejam Bem vindos ao blog do Pr. Josaphat Batista!

terça-feira, 9 de setembro de 2008

A Inversão dos Valores

IGREJA ASSEMBLEIA DE DEUS – AVENIDA RADIAL “A” Nº 413 – CENTRO CAMAÇARI-BAPASTOR PRESIDENTE – MANUEL MONTEIRO TRINDADECOLABORAÇÃO DO PORTAL DA WWW.EBDCAMACARI.COMCOMENTÁRIO: PR. JOSAPHAT BATISTA – COORD. GERAL DA EBD. VICE: DC. SAMUEL QUEIROZ

Comentários da Lição 10 - INVERSÃO DOS VALORES


Inversão dos Valores- Pr. Josapha Batista Publicado em 05 de Setembro de 2008 as 11:15:30 PM Complementos : Pr. Josaphat Batista

TEXTO ÁUREO

“Sabendo primeiro isto: que nos últimos dias virão escarnecedores, andando segundo as suas próprias concupiscências” (2 Pe 3.3).

INVERSÃO DOS VALORES

INTRODUÇÃO


A extinção dos fundamentos da fé, constados na Bíblia, resulta na perda dos valores morais, espirituais e éticos dificultando o homem ter acesso a Deus mediante a obra redentora de Cristo. Pasmem muitos, porque o Diabo tem modificado as suas estratégias de época em época e, especificamente nesses últimos dias onde impera o pós-modernismo em um mundo cético e embriagado pelo relativismo que visa o Antropocentrismo (o homem no centro) que infelizmente ganha espaço nos sistemas políticos, filosóficos, sociais, lingüísticos e religiosos.A atuação maligna na pós-modernidade diferencia-se da forma violenta como os Cristãos do período Greco-Romano foram perseguidos ou da atroz inquisição. As estratégias estão mais sutis, difíceis de serem detectadas e não pretendem aniquilar o cristianismo, mas impedir o seu avanço, atenuar a mensagem de Cristo tentando enfraquecer a identidade Cristã.Estamos vivendo em uma era do “parece mas não é”. A mentira está disfarçada de verdade; a verdade está constantemente sob suspeita, os valores morais Bíblicos estão perdendo espaço para uma nova moralidade hedonista e egoncêntrica. Contudo, não se trata de mera ação humana, mas de nova roupagem para velhos truques da Antiga Serpente com seu intento maléfico de querer ser igual a Deus.

I - ETIMOLOGIA E ANÁLISE

A palavra “valor” vem do Latim “valere” cuja raiz é “val” do verbo “valeo” e significa ser forte, ser digno, ter saúde, ter vigor, valores. Analisaremos alguns dos significados começando pelo: “ser forte”Para muitos, ser forte pode significar força física (óbvio demais), força mental (“Jedi” demais), reconhecer a própria espiritualidade (transcendental demais) ou até as suas habilidades pessoais estarem potencializadas e muito bem expostas (acadêmico demais). Ser forte no caso da mentalidade do Cristão verdadeiro é saber o que se é, o que se quer, ser leal aos princípios bíblicos e aplicá-los. Era isso que o Senhor queria com o homem no princípio, que ele sempre tivesse o reconhecimento de que é criatura e Deus criador soberano, e como criador sabe muito bem zelar por aquilo que fez. O pecado fez com que o homem se distanciasse do seu Criador, perdendo assim a sua identidade original e vivendo ao léu desnorteado rumo à perdição sem força para vencer o mal a não ser que volte a praticar os princípios Bíblicos estabelecidos por Deus. Foi exatamente isso que Deus disse para Josué (sucessor de Moisés) que ele não se apartasse deste livro (a Bíblia) e fosse forte que é o mesmo que dá valor as Sagradas letras das Escrituras (Torá) Js 1:1-9. Nos versos 6,7,9 aparece a palavra “esforça-te” que no Hebraico é “Chazaq” ser forte, corajoso,valente, másculo, fortalecido, estabelecido, firme, fortificado e poderoso. É simplesmente isso que Deus queria em Josué e o quer na vida de cada um que reconhece a cada dia que precisa de força em Deus para vencer o Diabo, a carne e este mundo mal (Jo 16:33).

1- “Ser digno” o mesmo que ter dignidade. Na teoria, a palavra dignidade pode ser definida como honradez, honra, nobreza, decência, respeito a si próprio, conforme O Novo Dicionário Aurélio e Minidicionário Aurélio. “Façamos o Homem à nossa imagem, à nossa semelhança, a fim de dominar sobre os peixes do mar, sobre as aves do céhttp://www.blogger.com/post-edit.g?blogID=6836413494997993242&postID=3191204525248317292u, sobre os animais domésticos e sobre todos os répteis que rastejam pela terra.Deus criou o Homem à sua imagem, criou-o à imagem de Deus. Ele os criou homem e mulher” (Gn 1, 26-27).Depois acrescenta: “Então o Senhor Deus formou o Homem do pó da terra e soprou-lhe nas narinas o sopro da vida. E o Homem tornou-se alma vivente” (Gn 2, 7). Em resumo entendemos que assim como a Trindade Santa é representada por três pessoas distintas (Pai, Filho e Espírito Santo) Deus também criou o ser humano dotado de personalidade (como uma pessoa) e ainda o coroou de glória e honra (Sl 8:3-8). Infelizmente o homem não tem dado valor ao que Deus lhe deu, agora, só em Jesus Cristo conseguiremos a dignidade outorgada por Deus no princípio. A Bíblia diz que Jesus se fez maldição em nosso lugar, resgatando-nos da “lei” da morte. Logo, Ele veio resgatar e trazer de volta a nossa dignidade que havíamos perdido por causa do pecado de Adão e Eva. Assim, a autoridade de Deus está de novo na nossa vida. O primeiro Adão nos roubou a dignidade, o segundo Adão a reconquistou e a trouxe de volta para nós. "Se pois o Filho vos libertar, verdadeiramente sereis livres" (Jo 8:36).- II Coríntios 3:17: "Onde está o Espírito do Senhor, aí há liberdade".- Gálatas 5:1: "Na liberdade com que Cristo nos libertou"- Gálatas 5:5: "Pelo Espírito da fé... a esperança da justiça"- Gálatas 5:18: "Se sois guiados pelo Espírito, não estais debaixo da lei".

2- “Ter saúde”

O conceito de saúde tem-se tornado mais amplo,e está relacionado ao estilo e qualidade de vida. Seria um bem-estar físico , mental, social e espiritual. A vontade de Deus para com o homem sempre foi o seu bem estar em todos os aspectos, mas é como temos estudado nas lições anteriores abordando sobre as doenças que tem como causa o pecado. Por incrível que pareça, nos dias de hoje não são poucos os que usam a própria Bíblia para inverter o qeu a mesma diz sobre a verdadeira felicidade em Deus com o pretexto ególatra e materialista (I Co 15:19).
3- “Ter vigor”

Vigor vem do Latim: “vigore” Força, robustez; Grande energia, saúde física. ; Virilidade; Valor, vigência. Nas afirmações anteriores podemos agrupar tudo de bom que Deus queria e ainda quer para com o homem nos mesmos significados da palavra vigor.4- “Valores” Aquilo que é importante para a pessoa. Então não resta dúvida que Deus criou o homem dando-lhe valor. Valor este que está sendo distorcido pelo mundo pós-moderno onde vive uma sociedade obcecada pelo materialismo, luxúria, hedonismo, egocentrismo e outros... O que mas se apregoa nos dias atuais é um clima maligno oposto aos valores Bíblicos com freqüentes campanhas veiculadas pela mídias e elaboradas por homens sem o mínimo de temor a Deus, que em busca de uma vã felicidade tentam legalizar a prática do aborto (como já é o caso de alguns paises), o casamento de homens com homem aumentando o índice da homossexualidade, o lesbianismo e etc.É sobre essa troca de valores que queremos fazer uma análise para os nossos dias e confrontarmos essa postura a luz da Bíblia, pois os preceitos absolutos de Deus são o referencial necessário para nortear nosso posicionamento e nossas atitudes diante da inversão de valores predominante em nossa sociedade. Para isso se faz necessário estudarmos sobre a ética do ponto de vista Bíblico e a ética como ciência secular que é um aspecto da filosofia que está segmentada em seis sistemas tradicionais: “política, lógica, gnosiologia, estética, metafísica e ética que é o estudo que a partir daqui daremos atenção”.

II – VISÃO GERAL DA ÉTICA SECULAR E DA ÉTICA CRISTÃ

1- Origem da Palavra: Ethos (grego) = Costume, hábito, disposição. Mos (latim) = vontade, costume, uso, regra. Daí temos que Ética é a disposição ou vontade de se seguir bons costumes ou hábitos.
2- Definição: Ética é, na prática a conduta ideal e reta esperada de cada indivíduo. Na teoria, e o estudo dos deveres do indivíduo, isolados ou em grupo, visando a exata conceituação do que é certo do que é errado.O termo ética, ethos, aparece varias vezes no Novo Testamento, significando conduta, comportamento, porte e compostura (habituais).A ética cristã deve ser fundamentada no conhecimento de Deus como revelado na Bíblia, principalmente nos ensinos de Cristo, de modo que “...ele morreu por todos, para que os que vivem não vivam mais para si, mas para aquele que por eles morreu e ressuscitou” (2 co 5.15; Ef 2.10).Ética Cristã é o conjunto de regras de conduta, para o cristão, tendo por fundamento a palavra de DEUS. Para nós, crentes em JESUS CRISTO, o certo e o errado devem ter como base a Bíblia Sagrada, a nossa regra áurea de fé e prática.

VISÃO * ÉTICA SECULAR * ÉTICA CRISTÃ

2- Generalismo A conduta de alguém deve ser julgada de acordo com seus resultados. É o fim justificando os meios. Mc 13.31 Passará o céu e a terra, umas as minhas palavras não passarão. Os pecados separam o homem de DEUS.

1- Antinomismo Depende da pessoa e das circunstâncias. O homem é seu próprio deus. Cada um age como quer. Pv 14.12 Há caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte. Devemos viver de acordo com a palavra de DEUS.

3- tipos de Ética

ÉTICA NORMATIVA * ÉTICA TELEOLÓGICA * ÉTICA SITUACIONAL

Ética Moral Baseia-se em princípios e regras morais fixas Ética Profissional e Ética Religiosa: As regras devem ser obedecidas.
Ética Imoral Baseia-se na ética dos fins: “Os fins justificam os meios”. Ética Econômica: O que importa é o capital.
Ética Amoral Baseia-se nas circunstâncias. Tudo é relativo e temporal. Ética Política: Tudo é possível, pois em política tudo vale.
Entender o que é certo e que é errado, no mundo em que estão invertido os valores morais gravados por Deus Gravados na consciência do ser humano e ao mesmo tempo exaradas no livro do Senhor, não é tarefa fácil. Graças a Deus, temos o maior e melhor referencial ético que o mundo já conheceu: a palavra de Deus. Ela é lâmpada e luz Divina, tanto para nosso ser interior como para o nosso viver exterior.

III – O PENSAMENTO PLURALISTA

1- TEORIA E PRÁTICA

É conseqüência da mudança social provocada pelo pensamento pós-moderno. Para que o pluralismo se estabelecesse como teoria e prática, foi necessário que os homens negassem a existência de absolutos éticos e morais. Pois, como pode se falarem pluralidade se existe verdade, ética e padrões morais e universais? Observe, no entanto, que, para lograrem êxito em suas propostas pluralistas, os pós-modernistas relativizaram a verdade, a ética e a moral, atribuindo-lhes um caráter particular, individual, circunstancial e não universal. Foi necessário ainda que negassema existência de uma divindade única e absoluta como testa a cultura Judaico-Cristã. Contudo, os ateus apresentaram o homem deificado, rumo à perfeição, enquanto os religiosos apresentaram um panteão de divindades e literaturas espiritualistas, budistas, hiduístas, etc, a fim de confirmar a existência de outras “verdades” e outros caminhos que conduzem ao aperfeiçoamento do próprio indivíduo.

2- GRÁFICO

SISTEMA QUE SUBVERTEM OS VALORES MORAIS E ESPIRITUAIS

FUNDAMENTOS MATERIALISTAS --------------O HOMEM DEIFICADO
SÓ EXISTE A REALIDADE FÍSICA --------------- FUNDAMENTOS EXISTENCIALISTAS
O MUNDO EXISTE POR SI MESMO ------------- ATEÍSMO E MATERIALISMO
OS PRINCIPIOS BÍBLICOS SÃO: ABSOLUTOS - UNIVERSAIS E IMUTAVEIS

3- PLURALISMO NA MENSAGEM DESTROI OS VALORES ESPIRITUAIS

Todo cuidado é pouco quando se trata da propagação da palavra de Deus, pois estamos vivendo dias difíceis com o aumento de “pop estar” em nosso meio. Não são pouco os que se julgam pregadores da palavra de Deus e que no afã da efêmera fama pisam em tudo e todos tentando galgar a qualquer custo aquilo que o próprio Jesus não divulgou. Nunca se viu e ouviu tantas distorções da palavra principalmente nos nossos púlpitos como estamos vendo agora, muitos deles não sabe o que pregam, pois para animar o auditório exortam de maneira extremista espancando os ouvintes sem nenhum senso de responsabilidade se achando dono da verdade e quando para agradar a alguém desfazem o que disseram e isso acontece na mesma pregação deixando assim os entendidos a perguntarem: “ de que lado ele está”? Veja o que diz o Apóstolo Paulo em I Tm 1:7 “querendo ser Doutores da lei e não entendendo nem o que dizem e nem o que afirmam”. E o pior de tudo é que tais pregadores arrebatam multidões com suas oratórias recheadas de pressões articulistas, movimentos fantasiados e ainda demonstram a sua carnalidade quando percebem que os entendidos não se entusiasmam com as suas palhaçadas e deboches.

Não precisamos de farisaísmo para fazer simplesmente o que Jesus mandou, pois Jesus não nos chamou para vivermos de aparência e artificialidade e é o que mais vemos em nosso meio. O que acontece é que infelizmente os que pregam a palavra com sinceridade, humildade e modéstia estão ficando de lado, pois a onda do materialismo tem acometido não poucos, e os vexames, as brigas, as concorrências que digam quantos males tem se infiltrado em nosso meio, até roubando o precioso tempo da aplicação do genuíno conteúdo da palavra de Deus. Muitas das vezes com músicas supérfluas, danças, pula pula, oba oba, gritaria que só atrai a sensualidade imoral e devassa, fazendo com que até aqueles que tentam se aproximar de Jesus aprendam errado.É hora de despertamos (Rm 13:11,12) não dar mais pra ficar assistindo esses malandros de púlpitos que só tem compromisso com o dinheiro e falam de Jesus só com pretexto, mas são verdadeiros hipócratas invertendo os valores reais da Bíblia em nome de Deus e colocando tudo na conta do Espírito Santo que não autorizou tais movimentos apelidados de “repleplé, dança no espírito, e outras esquisitices a mais. Paulo disse que Deus não nos deu um espírito de temor mas, de moderação (II Tm 1:7).Que Deus continue abençoando aqueles que tem compromisso com a palavra e não usam a mesma para enganar os encautos embasando com uma falsa eloqüência para atrair multidões. No Antigo Testamento temos a advertência para os profetas que falasse somente aquilo que o Senhor nosso Deus mandar, caso contrário veja o que acontecia, leia; (Dt 13:1-18). De todos os males causados pela inversão de valores o mais triste são esses que acontece em nosso meio (ponto de vista meu).

CONCLUSÃO

As abordagens éticas humanas são todas contraditórias. Como seus autores, humanos e falhos. Uma, como vimos, procura suprir as deficiências das outras. As abordagens éticas conflitam entre si, deixando um rastro de dúvida e confusão em sua aplicação. Por isso, devemos ficar com a palavra de Deus, que não confunde o crente, nem pode ser deixada de lado ao sabor dos meios, dos fins ou das situações. A palavra de Deus satisfaz plenamente. ALELUIA!Quanto em nosso meio, que Deus nos guarde e nos ajude a discernir se os espíritos são de Deus, pois ninguém pense que Satanás brinca, ele só que uma coisa; que a palavra de Deus como ela é seja expulsa do nosso meio e daí não importa pra ele se alguém diz que é profeta, se canta bonito, se é famoso ou atrai mais multidões, se é eloqüente, versado na lei, se caiu de emoção e pasmem todos do que vou dizer: mesmo uma multidão gritando glória a Deus o que interessa para ele é mesmo a escassez da palavra, pois ele sabe que acontecendo assim ninguém tem fé para subsistir as lutas já que fé no original é “pistis” e significa fidelidade. Paulo diz que a fé é pelo ouvir e o ouvir a pela palavra de Deus (Rm 10:17) e o Apóstolo João diz que a arma que vence o mundo é a nossa fé (I Jo 5:4).

Bibliografia

Bíblia Plenitude (ARC)Bíblia de Jerusalém (ARA)Apostila sobre Ética Cristã do Pastor Josaphat BatistaLições Bíblicas Jovens e Adultos 3º Trimestre 2002 Elinaldo RenovatoLições Bíblicas Jovens e Adultos4º Trimestre 2005 -
Geremias de Coutp www.ebdweb.com.br/licoes/licoes302.htm - 17k
comentado por: Pr Josaphat Batista – 2008fone: (71) 8166-9761 – (71) 3644-0288)
Portal da EBD em Camaçari-BahiaComentado por: Pastor Josaphat Batista -
Postado pela WebF2 - markoslymma@hotmail.com

1 comentários:

Anônimo disse...

O comentário está ótimo, precisamos de pastores profetas para esta geração..

Deus Abençõe pastor Josaphat

9 de setembro de 2008 20:38

Amigos